24 de Julho de2024


Área Restrita

POLÍCIA Domingo, 11 de Setembro de 2016, 22:16 - A | A

Domingo, 11 de Setembro de 2016, 22h:16 - A | A

Homicídio

PJC consegue identificar vítima de homicídio

Trata-se de José Luciano da Silva, conhecido pelo apelido de Índio.

Paulo Pietro
Campo Verde

A Polícia Judiciária Civil de Campo Verde descobriram no inicio da noite deste domingo um corpo de um homem que foi morto a facadas em uma mata no final da Avenida dos Trabalhadores. Eles chegaram ao local, pois receberam uma denuncia anônima, dizendo que na mata havia um corpo, os policiais foram até o determinado lugar e constataram a veracidade do fato, imediatamente realizaram um isolamento e chamaram a Politec.

A polícia conseguiu confirmar a identidade da vítima, trata-se de José Luciano da Silva, de 23 anos, conhecido pelo apelido de Índio. O corpo que estava vestido, com uma camisa branca e uma bermuda jeans, e sem nenhum documento tinha várias perfurações, provavelmente provocados por uma faca. Segundo o Delegado Mário Santiago a Politec constatou aproximadamente 10 perfurações, na barriga, pescoço, costela e nas costas.  Não se sabe se o homem foi vitimado por uma ou mais pessoas. Quando a perícia chegou ao local, constatou que havia uma espécie de arame enrolado ao corpo, mas não havia no local indícios de que o corpo havia sido arrastado, o dificulta identificar se a vítima foi morta no local, ou teve seu corpo desovado na mata.    

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

O delegado Mário Santiago falou sobre o caso, “o corpo estava sem nenhum documento, estamos trabalhando para identificar essa vítima e também quem possam ser os possíveis suspeitos. No local a pericia já identificou que realmente foi utilizado uma arma branca, com possivelmente dez facadas, ou até mais. Ainda segundo a pericia esse crime não aconteceu agora, possivelmente o corpo estava no local a aproximadamente 24h.” O delegado ainda destacou que como neste caso a população de Campo Verde pode colaborar com o trabalho da PJC ligando no número 99671-1657, “este número serve somente para denuncias, tráfico, uma situação estranha, algum suspeito de um crime, um corpo encontrado, qualquer ajuda será de grande valia.”            

O corpo estava a uns 50 metros no interior da mata, o local tem muito lixo, provavelmente é usado por usuários de drogas. Ainda na manhã desta segunda os policiais ainda não tinham a identificação da vítima, até porque o corpo já estava um pouco deteriorado pelo tempo. Mas no inicio da tarde desta segunda-feira (12), eles já haviam identificado o rapaz, que tinha algumas passagens pela polícia.  

O Politec colheu materiais da cena do crime, bem como amostras de sangue e material genético que estava em baixo da unha da vítima para confrontar com o DNA de possíveis suspeitos. A camisa que estava vestida à vítima, bem como um casado que foi encontrado próximo ao corpo e estava sujo de sangue, também foi levado pelos peritos em busca de informações sobre possíveis suspeitos.       

 

O Diário esteve pela manhã no local do crime e constatou que o local é usado por uma espécie de reciclagem durante o dia.        

Homicidio 02

 

Homicidio 02

 

Homicídio 03

 

VÍDEO

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]