13 de Junho de2024


Área Restrita

POLÍCIA Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020, 08:59 - A | A

Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020, 08h:59 - A | A

Polícia

Golpe da falsa cobrança faz vítimas em Campo Verde

Comerciante pede para que clientes não depositem valores em contas que não tiverem sua titularidade.

Paulo Pietro
Campo Verde

Mais um golpe aplicado por estelionatários está fazendo vítimas em Campo Verde, depois do golpe do aluguel, da venda veículos, dos falsos e-mail de intimação, as ultimas informações dão conta de uma nova modalidade, da falsa cobrança.

 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

Uma das vítimas desse golpe, que funciona de maneira parecida com o golpe do aluguel, conversou com nossa reportagem e explicou o que aconteceu com ela; “pessoas de telefones aleatórios entraram em contato com duas clientes minhas, realizando cobrança sobre valores devidos, pedindo para realizar o pagamento através de depósito bancário, em contas que não estão em meu nome. Eles não dão muita explicação sobre os valores e nenhuma outra informação, somente pedem para realizar o pagamento o quanto antes. Uma das minhas clientes infelizmente acabou caindo no golpe e depositando esse valor na conta da pessoa, que era do estado de Tocantins, a segunda cliente desconfiou que se tratava de um golpe e me procurou para saber, pois os valores que ele o golpista disse não batia com o acordo firmado entre nós, ai eu acabei descobrindo que se tratava realmente de um golpe,” disse Rosa Maria Leite de Oliveira, que é conhecida como Rosa da Prata.

 

Rosa vende joias, vai até a residência e comércio das clientes, geralmente para pagamentos em notas promissórias e tem muitos clientes. Os golpistas entram em contato com as pessoas, mas não dizem do que se trata, as vítimas geralmente acabam falando seu nome, eles então confirmam que se trata da Rosa, as duas clientes que relataram o golpe mostraram os números, que são diferentes, assim como as contas que eles pediram para depositar o valor, uma da Caixa Econômica Federal e outra do Banco do Brasil. Nenhuma das titularidades são de Campo Verde.  Porém não se sabe ainda se o golpe está acontecendo somente com clientes dela, ou se por azar, como ela realiza muitas vendas, duas clientes dela acabaram sendo abordadas aleatoriamente pelos estelionatários.

 

A comerciante registrou o boletim de ocorrência na Polícia Civil, que disse que vai investigar o caso. Mas ela alerta, “por favor, pessoal que me conhece, ou os clientes, não realizem nenhum depósito em conta que não for minha, eu não recebo dessa forma, nem mesmo troquei de telefone, se alguém entrar em contato pedindo valores, fale comigo primeiramente, eu não costumo também cobrar ninguém insistentemente, tente ligar no meu telefone e na duvida não pague nenhum valor.”

 

A foto do perfil do Whatsapp, apesar de serem números diferentes, se tratam da mesma imagem, um construção iluminada com lâmpadas amarelas, a PJC está tentando rastrear as contas apresentadas para tentar chegar a autoria dos criminosos.

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]