13 de Junho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 26 de Outubro de 2015, 19:33 - A | A

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2015, 19h:33 - A | A

INVESTIGAÇÃO

Preso o líder da maior quadrilha de roubo de cargas

Uma das ações foi registrada na Polícia Militar de Campo Verde

Redação

Em uma ação conjunta da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERRFVA) e a Delegacias de Polícia de Lucas do Rio Verde  e Nobres foram capturados Antônio José da Costa, o “Cabecinha” e Paulino João da Costa, líder e integrante de uma das maiores quadrilhas de roubo de cargas de Mato Grosso.

Os dois homens foram identificados nas investigações da Derrfva e, junto com eles foram apreendidos dois caminhões carregados, sendo um deles carregado com óleo de soja e uma carreta prancha Volvo FH branca placa MJV-9040 carregada com duas pá-carregadeiras, furtada no pátio de um restaurante às margens da BR-364 no dia 17/10 e noticiada na edição número 3906 de O Diário.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

As duas pá-carregadeiras de uma marca chinesa, que juntas somam R$ 320 mil e a carreta Volvo foram localizadas em uma mata em Nossa Senhora do Livramento, próximo a Cuiabá. Caminhão e carga estavam cobertos por uma enorme lona no local, que fica em uma propriedade de Antônio José, onde foi preso seu cúmplice, Paulino da Costa.

Segundo as investigações, o grupo tinha uma organização articulada para prática dos assaltos e cada um do bando tinha uma função. Os criminosos efetuavam os roubos sempre da mesma maneira: O caminhão que teria a carga roubada era cuidadosamente escolhido e passavam a ser monitorado e acompanhado pela quadrilha, que aguardavam o momento certo para agir. Em um veículo menor, a quadrilha seguida o alvo nas rodovias do Estado e, quando o caminhoneiro reduzia a velocidade ou parava em algum local era abordado e rendido.

Para o delegado Wagner Bassi, a quadrilha trabalhava com encomendas das mercadorias. “As investigações apontam que os caminhões eram clonados e levados para outros estados como Rondônia, Mato Grosso do Sul e Pará. Após ser subtraída, a carga era transferida para outro caminhão e levada para o destino final, já que normalmente a mercadoria era sob encomenda”, explicou  Bassi.

RELEMBRE O CASO

Uma equipe da Polícia Militar de Campo Verde foi acionada na noite de domingo (18) na MT-344, próximo ao Assentamento Quatro de Outubro, zona rural da cidade. Ao chegarem no local, os policiais encontraram o caminhoneiro Celso Pires do Prado, de Schroeder/SC.

Celso Pires contou aos policiais que, na noite de sábado (17) parou a carreta Volvo FH (Recuperada na ação policial) no pátio do Restaurante Chaleira Preta, próximo a Jaciara para conferir a carga que transportava, duas pá-carregadeiras amarelas. Ao descer do caminhão, Celso foi abordado por cinco homens armados, que chegaram em uma caminhonete Chevrolet S-10 e anunciaram o assalto.

O motorista ressaltou que os bandidos fizeram-no dirigir até uma área localizada após a Serra de São Vicente. Lá o transferiram para o porta-malas de um veículo Audi, onde foi levado para uma mata às margens da rodovia estadual MT-344, próxima ao local onde foi encontrado.

O carreteiro contou ainda aos PM’s que permaneceu na mata por mais de 20 horas sob a mira do revólver de um dos criminosos que, horas antes de acionar da guarnição evadiu-se tomando rumo ignorado. Celso foi liberado sem ferimentos e registrou o boletim de ocorrência na 8ª Companhia de Polícia Militar (CIPM) em Campo Verde.

 

 

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]