13 de Junho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 13 de Abril de 2020, 10:12 - A | A

Segunda-feira, 13 de Abril de 2020, 10h:12 - A | A

Polícia

Pessoas que deviam estar em isolamento descumprem regras e se tornam caso de polícia

O caso mais grave foi registrado no ultimo sábado (11) e envolveu uma paciente de Cuiabá.

Paulo Pietro
Campo Verde

Uma mulher que estava em quarentena, com suspeita de coronavírus, causou uma situação desconfortável em Campo Verde no último sábado (11), por volta das 11h30.

 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

A suspeita foi notificada pela PM por Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, uma medida que foi tomada pelo governo brasileiro, para impedir o contágio em massa da população, devido à gravidade do novo coronavírus.

 

A paciente em questão, se trata de uma mulher que está com suspeita do vírus, ou seja apresentou sintomas que são compatíveis com a doença, porém não teve seu exame confirmado, ainda, assim como outros pacientes que estão na mesma situação na cidade.

 

A mulher é moradora de Cuiabá, foi atendida e assinou um termo na capital, onde foi alertada que deveria ficar em quarentena, em isolamento social, não podendo viajar para nenhum outro lugar. Porém ela desrespeitou o protocolo e veio de ônibus para Campo Verde nesta data, para ficar próximo de seus pais, que são idosos (grupo de risco).

 

O fato é que ela começou a se sentir mal e foi para o Hospital Coração de Jesus procurar atendimento. No inicio ela não avisou os colaboradores do local que havia quebrado o isolamento, mas ao ser consultada apresentou o documento para a médica que devido a gravidade do fato acionou a Polícia.

 

Segundo nos informaram no hospital, a paciente apresenta um quadro de síndrome gripal, mas seu caso não está confirmado da doença, ela foi medicada e colocada em isolamento na casa dos pais, assim como os demais pacientes locais, que apresentaram os mesmos sintomas.

 

Vale ressaltar que o descumprimento da norma é crime, que foi estabelecido no Art. 268 – Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa:

 

Pena – detenção, de um mês a um ano, e multa.

 

Parágrafo único – A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro.  

 

Outro homem que tinha a recomendação de ficar em isolamento, também deve responder pelo crime, o suspeito se envolveu em um acidente na Rua Fortaleza, onde acabou se chocando com o muro de uma residência, no domingo (12) por volta das 23h15.

 

O motorista que estava envolvido no acidente apresentava sinais de embriaguez, segundo o que relatou os policiais no B.O. Ele foi levado ao HMCJ para receber atendimento, lá descobriram que ele estaria infringindo a regra da quarentena, já que tinha viajado recentemente para fora do país e estaria sendo monitorado pela secretaria de saúde. Antes do acidente ele estava em uma confraternização de amigos.    

VÍDEO

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]