20 de Julho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 17 de Maio de 2021, 06:30 - A | A

Segunda-feira, 17 de Maio de 2021, 06h:30 - A | A

DESTAQUE

Educação exemplo

Ensino híbrido em Campo Verde é referência e outras prefeituras fazem visitas para conhecer

Ascom

A modalidade de ensino híbrido, assim como todo o sistema educacional municipal de Campo Verde, é tida como referência de gestão e várias prefeituras têm visitado a cidade para conferir e buscar orientações. Na semana passada foi a vez da secretária de Educação de Juscimeira, Bruna Martins, e sua equipe, conhecerem o modelo de trabalho.

Em Campo Verde, as aulas foram retomadas no dia 2 de fevereiro, ainda de forma exclusivamente virtual. Já a partir de 1º de março, começou o sistema híbrido, que tem dado certo em vários sentidos: segurança em relação à pandemia da covid-19, aproveitamento dos alunos e trabalho mais intenso dos professores.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

A cada semana, 50% dos alunos assistem à aula de forma presencial. Na semana seguinte, estes passam para o virtual e a outra metade vai à escola. Ainda há um grupo de alunos que continua apenas de modo remoto, por escolha dos pais.

 

WhatsApp-Image-2021-05-13-at-10.57.58-2-350x250.jpeg

 

 

“Uma das consequências do ano de 2020, que foi quase totalmente no ensino remoto, foi o baixo rendimento dos alunos. Agora, além de retomarmos o ensino de forma mais intensa, os professores também conseguem se dedicar a uma turma com menos alunos, dando uma atenção ainda maior. O aproveitamento está muito superior ao que foi registrado no ano passado”, explicou a secretária de Educação de Campo Verde, Simoni Pereira Borges.

A comitiva da educação de Juscimeira conheceu a sede da Secretaria Municipal de Campo Verde, depois passou pela Cozinha Piloto – projeto pioneiro de Campo Verde, iniciado há 21 anos, que centralizou a produção e distribuição da merenda escolar, garantindo uma dieta balanceada e correta a todas as unidades de ensino da rede. Ao todo, são atendidos 5.400 alunos com a merenda e também com a padaria, que chega até as unidades rurais.

WhatsApp-Image-2021-05-13-at-10.57.58-1.jpeg

 

Depois, ainda foram à Creche Amerecilda Conceição Fernandes Rezende, à Escola Municipal São Lourenço e também na Escola Municipal Paulo Freire, onde viram, na prática, como funciona o ensino híbrido.

“Estamos vendo todos os cuidados necessários, sabemos que é um momento delicado que a sociedade vive, o mundo inteiro em geral, mas quando encontramos gestores comprometidos com a educação, a gente sabe que tudo vai dar certo, sim, como tem sido aqui em Campo Verde, que está inspirando os municípios ao redor”, avaliou a secretária Bruna Martins.

Em Juscimeira, o ensino continua em modo exclusivamente remoto. A administração está em diálogo com a comunidade escolar – professores, pais e alunos – a fim de encontrar um modo de retorno seguro.

“Estamos aqui para ver toda a dinâmica de como acontece. É uma referência. Estamos desde o ano passado no sistema remoto e com esperança, plantada em nossos corações, de que vamos conseguir, de forma gradual, com toda a segurança, voltar também”, disse Bruna.

Após as visitas, ela se disse encantada com tudo o que viu em Campo Verde. “Estamos encantados com tudo o que estamos vendo até agora. Realmente um trabalho feito com muita responsabilidade, com muita dedicação. Conhecemos o projeto da Cozinha Piloto, que realmente faz a diferença na comunidade e nas unidades escolares. Tudo muito bem feito e encantador”, concluiu.

De acordo com a secretária de Educação de Campo Verde, Simoni Borges, a avaliação da comunidade escolar na cidade também tem sido a melhor possível e agradeceu o esforço dos professores neste momento.

“A avaliação da comunidade escolar é muito positiva. Mesmo com todos os esforços dos professores, em garantir o ano de 2020 e 2021, com atividades atrativas, diferenciadas, nada é tão potencializado como o atendimento presencial. Todo esse trabalho só é potente, porque conta com a colaboração de todos os professores, que não têm medido esforços para garantir a qualidade no atendimento aos alunos”.

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]