12 de Junho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020, 06:30 - A | A

Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020, 06h:30 - A | A

SOLIDARIEDADE

Doação de sangue nunca foi tão necessária

O número de doações diminuiu bastante durante a pandemia e familiares pedem nas redes sociais

Da Redação

Com a pandemia do Coronavírus, a maioria das atividades tiveram que paralisar ou diminuir seu ritmo, devido ao risco de contágio, serviços foram suspensos e algumas atividades ainda nem retornaram. No caso das doações de sangue não foi diferente, apesar das atividades não terem sido paralisadas, o número de doações diminuiu bastante, por isso é comum ver em redes sociais e meios de comunicação, pedidos de famílias de doação de sangue, já que os estoques estão baixos e a utilização de sangue aumentou devido à pandemia.

 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

Bruna Prati, médica da Agência Transfusional de Campo Verde, comentou que os pedidos são comuns. “Nesta época é muito comum esses pedidos, os pacientes citados geralmente estão Unidades de Terapia Intensiva (UTI), onde houve complicações do Covid-19, por conta disso demandam uma transfusão. Esses pacientes na maioria das vezes, estão no grupo de risco, ou seja, podem ter uma doença pré-existente que foi agravada pelo Covid-19, uma anemia persistente, uma falência renal, que é necessário a hemodiálise ou até mesmo a infecção generalizada (Sepse), que baixa os níveis de pressão do paciente, sendo também necessário a transfusão”.

A médica ainda lembrou, que além da demanda ter aumentado devido à pandemia e as doações terem diminuído pelo mesmo motivo, os demais casos onde era necessário a utilização do sangue não diminuíram, como anemias falciformes, cirurgias, acidentes e câncer.

O pedido então é para que os doadores regulares de sangue, não deixem de se disponibilizar para doação. “Nós temos um agendamento para que não ocorra aglomerações, as unidades de coleta estão trabalhando com agendamento prévio. É muito importante que seja realizado esse agendamento, até mesmo para que os doadores realizem uma triagem prévia, tire todas as suas dúvidas, se pode ou não ser um doador, para que não perca tempo. Vale ressaltar que se a pessoa não agendar antes, não vai conseguir realizar sua doação, não é somente ir até o local,” explicou Bruna, que ainda lembrou que os doadores que tiveram Covid-19, podem doar somente após 30 dias de recuperação da doença.

Em Campo Verde infelizmente não existe um ponto de coleta, apesar da cidade ter a agência transfusional, segundo a bioquímica Franciane França, os doadores são levados até Primavera do Leste para realizar a doação. “No Laboratório Municipal eles tem uma lista de pessoas que estão dispostas a doar e aproximadamente três vezes por mês, eles levam esses doadores com um carro até o ponto de coleta em Primavera do Leste, ou em Cuiabá. As pessoas que podem ir com seus próprios veículos também são bem vindos, eles podem realizar o cadastro aqui no laboratório onde podemos ajudar com o agendamento”.

Apesar de existir uma carência pelos tipos sanguíneos mais raros, como O-, A-, AB- entre outros, todas as doações são bem vindas, lembra a bioquímica, até mesmo porque nunca se sabe quando pode haver um pico de demanda.  Então vale a pena doar sangue, não somente neste momento, mas sobretudo devido a situação atual.

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]