25 de Julho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 03 de Outubro de 2016, 14:32 - A | A

Segunda-feira, 03 de Outubro de 2016, 14h:32 - A | A

Politica

Candidato não cometeu crime de compra de votos segundo Delegado.

Houve três casos em que a presença policial foi necessária em Campo Verde.

Paulo Pietro
Campo Verde

Quando a segurança nas eleições, o Tenente Santos Silva da PM de Campo Verde, disse que apesar de ter acontecido alguns incidentes, a eleição ocorreu de forma tranquila, a população de Campo Verde soube se comportar de maneira geral, disse o Tenente.

Apesar disso ocorreram algumas situações pontuais envolvendo possíveis crimes de boca de urna. Um candidato, que inclusive foi eleito, foi denunciado. Diante da situação uma viatura da Polícia Militar foi até o local, conduzindo o candidato e os envolvidos até a delegacia.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

O Delegado Mário Santiago falou sobre as conduções. “Na manhã do dia 02 de outubro, três pessoas foram levadas a delegacia, uma delas era um candidato a vereador. Foram apresentadas algumas imagens de que supostamente esse candidato estaria cometendo o crime de corrupção eleitoral. Nas imagens realmente aparece o candidato entregando alguma coisa a uma terceira pessoa, porém essa terceira pessoa é a própria esposa do candidato. A outra pessoa seria uma testemunha que viu ele entregando algum objeto mas não soube dizer o que, por isso nos entendemos que neste caso não existiria nenhum crime de corrupção eleitoral, ou qualquer outro que seja. Foram todos ouvidos na delegacia e liberados imediatamente,” finalizou Mário, negando que o referido candidato tenha cometido qualquer crime.       

Em outro caso envolvendo desta vez cabos eleitorais de uma candidata, foi encontrado com elas vários papeis escritos manualmente o nome e número da candidata a vereador, isso também se configura como crime de boca de urna, elas também foram encaminhadas a delegacia e posteriormente liberadas.

Em outro caso, um homem visivelmente embriagado, pulou o muro de um colégio eleitoral no São Lourenço e queria votar após as 17h. Essa já era a segunda vez que o homem tinha ido até o local, a mesária já havia explicado a ele que ele não votava naquela escola e sim na escola Sabina. Inconformado o homem insistiu com a mesária que queria votar, não atendendo os pedidos da mesária a PM teve que ser acionada e levou o homem para delegacia.

 Quanto a Campanha Cidade Limpa, a Juíza Carolina Schneider contou que, apesar de terem acontecidos alguns casos isolados de derrame de santinhos, o retrospecto da campanha em moto geral foi muito positivo. Ao contrário de alguns anos atrás, a cidade amanheceu limpa. Nos casos pontuais constatados, os santinhos foram recolhidos e os candidatos serão chamados posteriormente para prestar esclarecimentos sobre o fato a Juíza.           

VÍDEO

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]