15 de Junho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Quarta-feira, 15 de Julho de 2020, 06:30 - A | A

Quarta-feira, 15 de Julho de 2020, 06h:30 - A | A

CORONAVÍRUS

Campo Verde registra 11 mortes por Covid-19

Secretário de Saúde se pronunciou quanto a atual situação da Covid-19 no município

Da Redação

Campo Verde já ultrapassou os 580 casos confirmados de Coronavírus, mas o que mais chama atenção é o aumento de casos graves na cidade. Há pouco mais de uma semana os quatro primeiros leitos de UTI’s (exclusivos para Covid-19) foram entregues a população, no momento da entrevista, todos eles já estavam ocupados e outros dois pacientes da cidade, estavam ocupando outros leitos no estado, sem contar que em menos de uma semana mais seis mortes foram confirmadas, elevando o número de mortos para 11 no município.

 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

Segundo os números repassados pelo secretário de saúde Altair de Araújo, a média de idade das pessoas infectadas em Campo Verde é de 38,18 anos, mas a média de idade das pessoas que morreram é de 74,70, ou seja, os mais jovens, que são o grupo maior, estão passando a doença para o grupo mais vulnerável e por isso as mortes vêm aumentando.

Esse grupo ainda segundo Altair, entre 25 e 35 anos, são os principais disseminadores, pois são os que menos se cuidam, na faixa de gênero, as mulheres são ligeiramente mais contaminadas que os homens, 52,28% enquanto os homens somam 47,72%. Porém a proporção de mortes é muito maior entre os homens, 60% contra 40% de mulheres.

Segundo Altair, o maior problema ainda é a falta de conscientização das pessoas. “Está comprovado que o isolamento e os cuidados, são as únicas armas que realmente funcionam na prevenção do vírus, apesar de muitas pessoas estarem tomando de maneira preventiva, que não é recomendado, alguns medicamentos, não existe nenhuma comprovação de sua verdadeira eficácia, o melhor remédio ainda é a consciência das pessoas”.

“Apesar de nossos números apontarem que o vírus é muito mais letal em pessoas que estão no grupo de risco, tivemos casos graves e até mortes no estado de pessoas jovens que não tinham nenhuma comorbidade.  Ainda não se tem uma certeza de como o vírus age em cada organismo, o que sabemos é que ele é imprevisível, pode ser que seja leve em algumas pessoas e grave em outras. Em Campo Verde temos um paciente de 33 anos que não tinha comorbidades que ficou bastante tempo na UTI, neste momento ele está apresentando uma melhora, mas seu caso era grave. Então além apresentar riscos também nos mais jovens, a responsabilidade de disseminar uma doença que pode matar os pais, tios, avôs, também está nas mãos deles. Essa pandemia não vai durar para sempre, dependemos da ajuda da população, se não corremos o risco de haver um lockdown na cidade, que não é bom para ninguém”, pontuou o secretário.          

Quanto a chegada dos demais leitos prometidos pelo governo estadual, o Secretário disse que nas próximas semanas os equipamentos já devem estar à disposição, o entrave seria realmente em relação aos medicamentos. “Não é questão de dinheiro, temos os recursos e já efetuamos as compras, o problema está sendo encontrar esses remédios à disposição, tivemos essa semana por exemplo uma carga que havia sido comprada, que eles já atrasaram a entrega, então como a procura é grande fica complicado dar uma posição em relação aos medicamentos”.

VÍDEO

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]