13 de Junho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 08 de Junho de 2020, 06:30 - A | A

Segunda-feira, 08 de Junho de 2020, 06h:30 - A | A

AUXÍLIO

“Aplicação do Auxílio Emergencial foi determinada pelo Congresso”, explica prefeito

Campo Verde deve receber a partir de 15 de junho a primeira parcela dos R$ 12,1 milhões a que têm direito. Do valor total, R$ 600 mil têm destino certo e devem ser aplicados na Saúde e Assistência Social

Assessoria de Imprensa

O prefeito Fábio Schroeter na semana passada explicou onde o dinheiro do Auxílio Emergencial que será dado para socorrer estados e municípios devido à crise econômica gerada pelo novo coronavírus será aplicado.

 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

A explicação se fez necessária, pois após matéria veiculada no site da Prefeitura de Campo Verde e em uma rede social, alguns moradores questionaram a aplicação dos recursos.

De acordo com o prefeito, Campo Verde deve receber a partir de 15 de junho a primeira parcela dos R$ 12,1 milhões a quem têm direito. Do valor total, R$ 600 mil têm destino certo e devem ser aplicados, obrigatoriamente, nos setores de Saúde e de Assistência Social. O restante é de uso livre pelo Município e pode ser investido em outras áreas.

Conforme salientou o prefeito, a destinação desse valor foi determinada pelo Governo Federal e aprovada pelo Congresso Nacional. “Não é algo estipulado por nós, pela Prefeitura”, frisou o gestor. “Mas isso, como já foi dito, não significa que iremos investir apenas os R$ 600 mil na saúde. Se for necessário, se for preciso, vamos investir mais, com toda certeza”, frisou.

O prefeito enfatizou que ao longo dos últimos anos, 33% da arrecadação municipal têm sido destinados à saúde, percentual maior que o dobro determinado pela Lei, que é de 15%. “Sempre investimos além do que é estabelecido e não será numa época como essa, quando a demanda por atendimento tem aumentado por causa da Covid-19, que vamos deixar de investir”, disse Fábio.

O prefeito, mais uma vez, frisou que o restante dos recursos do Auxílio Emergencial será aplicado no custeio da máquina pública. “Precisamos manter os outros serviços e esse dinheiro vem para nos ajudar a atender as demandas da população”, disse.

Fábio ressaltou ainda que o repasse a ser feito pelo Governo Federal é uma compensação pelas perdas provocadas na arrecadação devido à queda da atividade econômica, que impactou negativamente na receita do município, não se tratando, portanto, de um convênio para uma ação específica.

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]