21 de Julho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 12 de Julho de 2021, 06:30 - A | A

Segunda-feira, 12 de Julho de 2021, 06h:30 - A | A

MEIO AMBIENTE

Aterro sanitário de Campo Verde é o único regularizado em Mato Grosso

O investimento de R$ 3,8 milhões faz parte das ações do programa Lixão Zero

JAQUELINE HATAMOTO

O município de Campo Verde ganhou um destaque especial na semana passada, a cidade foi evidenciada nas redes sociais do presidente da república Jair Messias Bolsonaro. O destaque se deu devido a gestão de resíduos sólidos. O município é referência no desenvolvimento do programa Lixão Zero. Na semana em que o município completou 33 anos, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) entregou veículos e equipamentos para fortalecer o sistema de coleta seletiva e operação de aterro sanitário o investimento de R$ 3,8 milhões faz parte das ações do programa Lixão Zero, lançado em 2019.

As entregas incluem veículos e equipamentos especializados como um caminhão baú, um caminhão basculante, um trator esteira, uma escavadeira hidráulica, uma pá carregadeira, duas empilhadeiras, uma grua, uma esteira de triagem, uma esteira de alimentação, seis climatizadores, 24 contentores com capacidade para 2.500 litros, 90 lixeiras, 15 tambores de 200 litros e 60 composteiras domiciliares.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

A aquisição contribui para dar mais eficiência à coleta e reciclagem de resíduos no município, que gera cerca de 40 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos ao ano, o que beneficiará diretamente cerca de 46 mil pessoas.

“Um ponto muito importante do programa Lixão Zero: pessoas que trabalhavam no lixão, com a saúde comprometida, hoje têm melhor condição de vida e trabalho graças a esse empreendimento feito pelo Governo Federal”, afirmou o secretário de Qualidade Ambiental, do MMA, André França.

Com o investimento, a cidade de Campo Verde passa a ser o único município no estado de Mato Grosso, com aterro público regularizado. Além dos R$ 3,8 milhões investidos pelo Governo Federal, a prefeitura deu a contrapartida de R$ 54,1 mil. 

Além disso, a Prefeitura Municipal investiu recursos próprios na ampliação do galpão de triagem e resíduos sólidos urbanos, que dobrou sua capacidade. Hoje, o aterro sanitário já está operando com as melhorias propostas pelo convênio.

A secretária de Meio Ambiente de Mato Grosso, Mauren Lazzaretti, acompanha de perto o trabalho em Campo Verde e destacou o empenho da Cooperativa de Trabalho e Manejo de Recicláveis (Cootramar), assim como dos engenheiros da Secretaria Municipal de Planejamento, que elaboraram e tiraram do papel o projeto do aterro sanitário.

“Não se faz nada sozinho. O Estado está presente nessa parceria, temos novos projetos para um futuro breve e ter uma gestão que se empenha e quer melhorar sempre, como acontece em Campo Verde, é essencial”, disse.

O prefeito Alexandre Lopes destacou que a gestão municipal é quem faz a destinação dos resíduos sólidos, um caso único em Mato Grosso, onde os demais aterros são administrados pela iniciativa privada.

“Há muito tempo Campo Verde decidiu ter essa concepção de fazer a gestão de resíduos sólidos e transformamos aquilo que era o chamado ‘lixão’ em um verdadeiro aterro sanitário. Operações que levam à redução do impacto ambiental causado pelo lixo. É o único município de Mato Grosso em que o poder público faz a gestão dos resíduos. Hoje estamos dando exemplo Em mato Grosso e Brasil de como fazer essa gestão. Ainda há muito a se fazer, mas tenho orgulho de dizer que hoje somos referência”, concluiu.

A otimização da gestão de resíduos sólidos fortalece a destinação ambientalmente adequada do lixo, contribuindo para a conservação do meio ambiente e evitando a contaminação do solo, da água, do ar e a emissão de gases de efeito estufa. Não só a natureza, como também a saúde da população é beneficiada pelo descarte correto do lixo, que previne ainda a proliferação de vetores de doenças.

 

Programa Lixão Zero

O Lixão Zero é um dos eixos da Agenda Ambiental Urbana do MMA, atuando em diversas frentes, como o investimento junto a municípios de todo o Brasil na gestão dos resíduos sólidos urbanos. Desde o lançamento, importantes resultados foram alcançados no país, como o encerramento de 600 lixões em menos de um ano e o novo recorde de reciclagem de latas de alumínio.

 

COM INFORMAÇÕES ASCOM GOVERNO FEDERAL E PREFEITURA DE CAMPO VERDE

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]