25 de Julho de2024


Área Restrita

POLÍCIA Terça-feira, 11 de Agosto de 2020, 08:55 - A | A

Terça-feira, 11 de Agosto de 2020, 08h:55 - A | A

ILEGAL

Em três dias, PRF apreende três cargas ilegais de madeira em Mato Grosso

Em Campo Verde foram apreendidos 38m³ de madeira ilegal. As outras foram em Guarantã do Norte e Sorriso

Da Redação/Com Secom PRF

A Polícia Rodoviária Federal – PRF apreendeu três cargas ilegais de madeira em Mato Grosso. As ocorrências foram registradas entre sábado (8) e segunda-feira (10), em Guarantã do Norte, Campo Verde e Sorriso. Só em Campo Verde foram apreendidas 38m³ de madeira ilegal.

 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

Na manhã de sábado (8), a PRF realizava ações de fiscalização na BR-163, em Guarantã do Norte, quando visualizou um Ford/F4000, com placas de Matupá/MT, parado às margens da rodovia. Ao fiscalizar a carga, os policiais constataram que havia aproximadamente 2,2m³ de madeira serrada de perfis variados, sem Guia Florestal (documento exigido para o transporte de madeira). Havia também, 42 jogos de portal e 74 alisares, madeira beneficiada, todos sem nota fiscal. O proprietário da carga, de 34 anos, disse que usaria a madeira para construção de casas.

Veículo e carga foram encaminhados para Polícia Civil em Guarantã do Norte, ficando à disposição da autoridade policial e do Ministério Público Estadual.

Já no início da noite, um caminhão Iveco, foi abordado pela PRF na BR-364, em Campo Verde. O veículo era conduzido por um homem de 38 anos, que transportava madeira serrada de Nova Monte Verde, até Bom Jardim/RJ. Ao consultar os documentos, os PRFs constataram que as Guias Florestais apresentadas estavam vencidas, tornando a carga ilegal. Foram apreendidos cerca de 38m³ de madeira serrada.

Veículo e carga ficaram à disposição da Polícia Civil em Campo Verde.

Já na segunda-feira (10), por volta das 15 horas, em fiscalização no km 733 da BR-163, em Sorriso, abordou o veículo VOLVO/FH12 380, cor vermelha, que transportava madeiras de variados perfis.

Ao analisar a Guia Florestal entregue pelo motorista, de 39 anos, foi observado que os perfis de madeira (processada: serrada em bruto) descritos (tábua e prancha), não condiziam com os que estavam sendo efetivamente transportados no caminhão, tendo em vista que, além daqueles, havia também os perfis Viga, Pranchão e Caibro.

Diante dos fatos, foi colhido o termo de compromisso de comparecimento em audiência, sendo lavrado o respectivo TCO na qualificação de autor de transportar, adquirir, vender, madeira, lenha, carvão sem licença válida, conforme apurado.

Álbum de fotos

VÍDEO

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]