23 de Julho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 22 de Março de 2021, 06:30 - A | A

Segunda-feira, 22 de Março de 2021, 06h:30 - A | A

EDUCAÇÃO

Seguindo protocolos rígidos, escolas de Campo Verde mantém atividades

Até o momento não há registros no município de crianças em idade escolar hospitalizada em decorrência da Covid

Da Redação

As escolas municipais e da rede privada de Campo Verde estão funcionando há mais de um mês com ensino híbrido, com a capacidade presencial de 50% dos alunos e segundo as informações da Secretaria de Saúde e Educação, sem nenhuma intercorrência em relação ao Coronavírus.

Toda rede mantida pelo município, o que corresponde ao ensino infantil e fundamental, retornaram as atividades. Antes do retorno foi montado um protocolo de segurança que é seguido a risca pelas escolas.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

As aulas retornaram inicialmente pela rede particular se estendendo a rede municipal, respeitando o limite de capacidade de 50%. Todas as escolas estão equipadas com tapetes sanitizantes e, para ter acesso a unidade escolar, os alunos precisam estar usando máscara, fazer a aferição de temperatura e higienizar as mãos. As salas foram demarcadas respeitando o limite de 1,5 metro entre as carteiras, entre outras medidas.

Em seu último pronunciamento, o prefeito de Campo Verde Alexandre Lopes, reiterou que se depender dele, as aulas não serão suspensas durante a pandemia, pois há comprovações que o aumento de casos não está relacionado ao retorno das aulas. “Se depender de mim as escolas serão as últimas coisas a serem fechadas e as primeiras a serem abertas. Quero dizer a todos os pais que se aumentar a questão do Covid-19 aqui, não tem nada a ver com a questão da escola, o pessoal das secretarias estão sistematicamente monitorando os alunos que estão nas escolas, realizando uma triagem. O aumento da Covid-19 na cidade não tem a ver com a escola e sim com relaxo da população”, ressaltou Lopes.

Apesar de terem números comprobatórios e a informação do Hospital Municipal de que não existe nenhuma criança com idade escolar, até a finalização da matéria, internada com Covid-19. Alguns boatos circulam em redes sociais, muitas vezes maldosos, tentando desmotivar a iniciativa do retorno.

O prefeito destacou que as aulas retornaram no sistema hibrido, ou seja, o pai decide se envia o aluno para a aula ou não.  E que são seguidas normas rígidas quanto as questões sanitárias. “Utilizamos nas escolas um protocolo de segurança muito rígido, que está reduzindo a taxa de contaminação e infecção, não sou eu que estou falando são os médicos. Nós fizemos um lockdown no passado, que inclusive paralisou as escolas e não funcionou para nada. Então neste momento que começamos a vacinar, por mais difícil que esteja, não vamos paralisar as aulas. Isso não pode se tornar um jogo de professores e administração, servidores e prefeitura. Nosso objetivo é deixar a escola aberta para quem precisa. Quem achar que seu filho deve ficar em casa, pois tem um local para deixá-lo, com um suporte legal, ótimo. Mas quem não tem leve para escola, lá ele vai estar seguro, bem alimentado, com as mãos limpas, com máscara no rosto e todas as demais medidas de segurança”, ressaltou o prefeito.

 

EXEMPLO

Até agora, as medidas adotadas em Campo Verde estão funcionando, tanto que outras secretarias de educação estão procurando o município para verificar como está sendo realizado o retorno na cidade, para replicarem o modelo. O sistema adotado na cidade chamou atenção até da Assembleia Legislativa. O deputado Ulysses Moraes, visitou duas escolas da cidade para ver de perto o que vem sendo desenvolvido pela administração.

Na oportunidade o parlamentar visitou a Escola Municipal Dona Sabina Lazarin Prati e a creche Francisco Tirado Aragão Filho.

“Ficamos felizes em ver que os alunos já estão conseguindo retornar às aulas presenciais e tudo está funcionando muito bem com as medidas protetivas. O Estado de Mato Grosso precisa seguir esse exemplo. Essas escolas estão demonstrando que é possível sim a volta às aulas e nós temos que incentivar isso”, frisou Moraes.

            

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]