24 de Julho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Segunda-feira, 04 de Outubro de 2021, 06:30 - A | A

Segunda-feira, 04 de Outubro de 2021, 06h:30 - A | A

MUDANDO DE ASSUNTO

Fato registrado em Campo Verde chama atenção sobre “denuncismo irresponsável”

Mulher gravou vídeo reclamando da demora de atendimento em hospital

Da Redação

Uma postagem de uma paciente do Hospital Coração de Jesus na última quarta-feira (29.08), ganhou as redes sociais do município e tem chamado atenção para casos como estes. Ela filma a farmácia do hospital e reclama do fato de o atendimento estar demorando, enquanto tinham várias pessoas na espera, mas não fala explicitamente quanto tempo aguardou. Na filmagem existe inclusive uma discussão com uma funcionária do Hospital que pede para não ser filmada. 

Situações como esta não são tão incomuns hoje nas redes sociais, com o acesso mais fácil a aparelhos com câmeras, as pessoas se expressam de diversas maneiras e as denúncias sobre fatos como estes são frequentes, em todos os setores, porém, nem sempre são imparciais, contam somente uma versão da história. 

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

Neste caso a reportagem apurou a denúncia, procurou O Hospital Municipal Coração de Jesus - HMCJ que mostrou, através dos documentos de prontuário e também das câmeras de segurança da instituição que a referida paciente deu entrada na unidade às 18h41, passou pela triagem às 18h52, foi atendida pelo médico às 19h19, em seguida foi levada ao ambulatório onde gravou o vídeo, ela demorou 12 minutos para ser medicada.

Ou seja, desde a sua entrada até sua medicação inicial ela ficou na unidade 39 minutos. Somente a título de comparação, segundo a última pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) demonstrou que os prontos atendimentos do SUS demoram em geral mais de 4 horas no Brasil para realizar um atendimento.

O diretor do HMCJ, Israel Paniago, ainda explicou que, no caso da paciente, ela ainda foi mantida em observação. “Essa paciente específica, que gravou o vídeo, inclusive foi diagnosticada com uma infecção de urina e também com pedras nos rins e foi mantida sob supervisão dos profissionais do Hospital Coração de Jesus até melhorar e obter alta médica”.   

De qualquer maneira a diretoria do HMCJ informou a equipe do Jornal O Diário que está tomando as medidas administrativas para melhorar o fluxo do atendimento, tentando diminuir o tempo resposta, mas que nesta situação, não fica evidenciado o tempo de demora como foi informado pela paciente.

Este caso serve somente para ilustrar a questão do “denuncismo irresponsável”, muito frequente nos dias atuais, onde qualquer pessoa que se incomode com determinada situação, protagonize ações adversas contra pessoas ou instituições sem se preocupar com as consequências.

Esse termo inclusive vem sendo muito repercutido pela Ordem dos Advogados do Brasil - OAB, em Brasília, que considera a situação um crime, muitas vezes grave e irreparável aos acusados e estuda propor medidas para alteração do código penal.    

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]