24 de Julho de2024


Área Restrita

NOTÍCIAS DE CAMPO VERDE Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016, 16:46 - A | A

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016, 16h:46 - A | A

VACINA

Dia “D” da vacinação antirrábica

A Vigilância Ambiental de Campo Verde realizará no próximo dia 10 de setembro, o dia “D” de combate à raiva

Paulo Pietro

A Vigilância Ambiental de Campo Verde realizará no próximo dia 10 de setembro, o dia “D” de combate à raiva. Neste dia todos os cachorros e gatos da cidade devem ser vacinados contra esse vírus que é fatal nos animais e até mesmo nos humanos.

A vacina não tem efeitos colaterais e vai proteger seu animalzinho contra a raiva, que é uma das doenças mais contagiosas. As contra indicações são somente para os animais que ainda não tiverem três meses de vida e para as fêmeas que estiverem prenhas.

✅ Clique aqui para seguir o canal do CliqueF5 no WhatsApp

Segundo nos revelou a Diretora da Vigilância Ambiental de Campo Verde, Carla Vargas, a campanha na área rural do município, que é muito extensa, começou desde o dia 1° de agosto e teve ser encerrada no dia 9 de setembro. Na zona rural os profissionais vão até os locais e aplicam a vacina nos animais.

No dia 10 todos os proprietários de cães e gatos, devem se dirigir aos locais de vacinação com seus animais. No total são nove pontos de vacinação, todos os PSF’s menos o Araras  e o Olímpia, estarão atendendo. Terá vacinação também na Praça João Paulo II, Praça Ayrton Senna e também na sede da Vigilância Ambiental no Jupiara. Não vai haver desculpa da distância para nenhum proprietário.

Carla Vargas alertou sobre a importância da vacinação em Campo Verde. “ A raiva é uma doença perigosa e infelizmente tivemos alguns casos ano passado na cidade, a principal preocupação é que essa doença se trata de uma zoonose, ou seja, ela pode passar para os seres humanos. Não existe outro meio de prevenção a não ser a vacinação, então a responsabilidade de manter a cidade livre dessa doença também passa pela conscientização da população em levar seu cão, ou gato, para serem vacinados.” Ela ainda frisou que todos os animais independente de tamanho devem ser vacinados, desde as raças pequenas até os maiores.  “No caso de cães muito agressivos, que as pessoas tem receio de sair de casa com eles, no dia 10 esses proprietários tem que procurar o local de vacinação mais próximo a sua residência e comunicar seu endereço e os motivos de não ter levado o cão até o local, a equipe da vigilância vai até sua residência para aplicar a vacina no animal,” finalizou a Diretora.

Transmitida por meio da saliva dos animais contaminados, a raiva é passada, principalmente, pela mordida dos animais doentes sejam eles gatos ou cães. Nos cachorros e no homem, o vírus da doença pode permanecer encubado por até 2 meses antes que os seus sintomas (também bastante similares) comecem a aparecer; sendo que, nos gatos, a doença destaca sinais diferenciados, mas não menos agressivos.

 

 

Comente esta notícia

Rua Rondonópolis - Centro - 91 - Primavera do Leste - MT

(66) 3498-1615

[email protected]